segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Um sentimento sem igual.

O que será que eu devo pensar?
Como será que eu devo agir?
Por que viver nao é tão simples pra mim.
Tudo é tao igual, tão entediante.
As pessoas não são mais as mesmas,
nao compartilham dos mesmos sentimentos, não se amam mais como deveriam amar.
Isso se torna tao triste.

O ser humano precisa de emoção pra viver, por que a vida tem muito a nos mostrar
e que depois que se vai não tem como fazer mais nada do que gostaríamos.
Me sinto num abismo que eu mesma criei.
Por perder a minha liberdade e ver tudo indo embora como a lama da chuva.

É como se me faltasse algo, é como se eu não vivesse, somente existisse.
não pudesse ver as emoções da vida, não pudesse sentir o ar livre que passa por dentro das arvores, nao pudesse sentir o vento passar pelos meus cabelos, sentir os raios de sol a tocar a minha pele.
Poder sentir o entusiasmo circular pelo meu sangue so de ter que acordar todos os dias.
Chega a ser uma coisa meio brusca.. uma coisa do qual nao tem como eu descrever nem é questão de ocupação por que eu ja estou me ocupando.
É uma questão aqui dentro que até hoje nao se completou, como se estivesse faltando algo de mim pra que eu me sinta completa.
 É so um sentimento do qual me tira o sono, e vai me matando aos poucos..
Uma indecisão que já nasceu comigo, um medo que é tão forte quanto a vontade de viver é uma coisa que me faz ser assim, uma mulher cheia de fases assim como a lua.
Não quero ser  vista como falsa... mas eu tenho muito de mudança mudar repentinamente é coisa de gente doida eu sei mas só de saber isso fico contente por que até hoje não encontrei pessoa no mundo igual eu.
É uma caracteristica unica que me faz ser tão especial..



Nenhum comentário: