sábado, 11 de dezembro de 2010

horizonte perdido


Meu corpo frio
Permanece intacto e no tempo esta parado.
A dor parece inevitável
o cansaço a realidade
o sono nao perturbar mais
sou apenas um pássaro querendo voar, pra longe dos problemas e nao mais lembrar.
a noite escura me obriga a te esquecer, quando a saudade me faz sofrer e lembrar que necessito de você.
As lágrimas rompe o silencio da minha face cansada me encontro perdida no horizonte.
Espero que a chuva venha pra me libertar e fazer eu nao mais chorar.
Procuro um lugar pra voar, pois sou um pássaro a sonhar com o dia que eu irei verdadeiramente amar você;

Nenhum comentário: